ELISA ELSIE/ASSECOM/RN
 
A atuação de voluntários tem se somado ao Corpo de Bombeiros Militares e à Defesa Civil no combate aos inúmeros focos de incêndios em Patu, na operação denominada Santuário do Lima, na cidade de Patu. Desde segunda, foram combatidos 317 focos de incêndio. Logo que subiu à serra do Lima, no final da tarde desta sexta-feira (20), a governadora Fátima Bezerra se reuniu com o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militares (CBMRN) e comandante da operação, coronel Monteiro Júnior, para se inteirar acerca do trabalho que vem sendo realizado ininterruptamente durante a semana para combater o fogo na mata.
"Eu venho aqui agradecer ao povo de Patu e de toda a região pelas lições de solidariedade que vocês nos deram ao longo dessa semana. É assim, de mãos dadas, que vamos construindo dias melhores para Patu e para todo o Rio Grande do Norte. Aos nossos bombeiros militares e aos voluntários, reconhecemos de coração o gesto de bravura e coragem para debelar os focos de incêndio", disse Fátima. Ela falou após a palavra de agradecimento, seguida de oração, ministrada pelo padre Telmo Feitosa, no Santuário do Lima, dedicado à Nossa Senhora dos Impossíveis.
O Governo do Estado e o CBMRN conseguiram controlar grande parte do fogo, mas segue monitorando e combatendo outros focos de incêndio na serra. Mais de 200 pessoas envolvidas na força-tarefa entre militares e voluntários. Além do combate propriamente dito, os voluntários têm trabalhado para arrecadar donativos.
O coronel Monteiro ressaltou a atuação do voluntariado e afirmou que, em seus 25 anos de carreira, essa foi a primeira vez em que testemunhou uma população tão consciente de seu patrimônio ambiental. "Nós nos sentimos honrados em estar trabalhando com a presença de vocês voluntários. Essa integração é importante e a união tem sido salutar para que consigamos manter o controle e em pouco tempo esperamos cessá-lo", afirmou.
Segundo ele, o sinistro pode ter sido gerado de várias formas. Desde alguém que tenha lançado fogos de artifício, ou caçador que não apagou sua fogueira, ou uma queimada descontrolada. "É o tipo de incêndio muito difícil de controlar, pois está diretamente ligada às condições no tempo. E estamos no período de seca e na temporada de ventos", explicou. A mata é densa e seca e entre 400 a 600 metros de altitude.
Durante a reunião, o coordenador da Defesa Civil estadual, coronel Marcos Carvalho, explicou que auxiliou o prefeito Rivelino Câmara a elaborar o decreto de emergência, que vai ajudar na obtenção de recursos federais para reestruturar a Defesa Civil Municipal e criar uma brigada de incêndio com bombeiros civis, treinados pela Defesa Civil Estadual e pelo Corpo de Bombeiros. "Esperamos que não ocorra outro evento desse porte, mas sabemos que estamos numa área propícia a incêndios devido ao período de seca e ventos", afirmou.
Dentre os bombeiros militares atuantes na Operação Santuário do Lima, há a presença de novos praças formados neste mês, entre eles, a soldado Ana Paula Targino, que estreia na profissão em uma importante missão. "Tem sido um aprendizado gigantesco. Após um ano de treinamento, pegamos justamente esta missão. O terreno é muito acidentado. Temos colocado uma bolsa costal com 20 litros de água. O acesso é difícil, mas é muito gratificante sair de lá sabendo que a gente ajudou pelo menos um pouco a combater o incêndio", declarou.
O combate ao fogo teve início na Serra do Lima na última segunda-feira (16), por volta das 15h, com equipes do Corpo de Bombeiros das cidades de Pau dos Ferros e Caicó. Mais de 40 militares da capital e de Mossoró foram enviados para somar na força-tarefa junto aos voluntários. Somam à equipe quatro oficiais, sob o comando do coronel Monteiro.
Participaram da reunião com a governadora a deputada estadual Isolda Dantas, o prefeito Rivelino Câmara, os vereadores de Patu, Tiago Queiroga e Ana Carla Cavalcante, e o vereador de Mossoró, João Gentil, que é natural de Patu.

Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador

Campanha educativa de trânsito impacta 94,1% da população do RN


A prefeitura Municipal de Viçosa-RN, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, está realizando a sinalização de lombadas para garantir qualidade para todos que trafegam pala cidade.
A pintura está sendo realizada principalmente nas ruas que foram recentemente asfaltadas, aonde as lombadas foram cobertas por asfalto e se tornando pouco visível para os usuários, dessa forma a sinalização (pintura dos quebra-molas), foi a maneira mais rápida encontrada pela gestão para melhorar a visualização e da mais segurança a todos que trefegam nas ruas da cidade.

Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador
Deputado João Maia defende que Reforma Tributária deve alavancar a economia e investidores não devem ser penalizados
O deputado federal João Maia (PL/RN), que também é membro titular da Comissão Especial da Reforma Tributária, participou nesta terça-feira (17) de uma audiência pública sobre repercussões setoriais da reforma tributária.  Após vários questionamentos levantados por todos que estavam presentes, o deputado João Maia pediu a palavra: “A Reforma Tributária é fundamental da ótica do crescimento, e o que acontece no Brasil? 60% à 65% das famílias do Brasil estão superendividadas, e a outra parte das famílias estão com medo do endividamento! Elas não tem confiança no futuro delas”, argumentou.

João Maia continuou em tom de cobrança: “Nós só retomaremos o crescimento se o investimento privado voltar para o Brasil com força! E de preferência em infraestrutura para alavancar o nosso crescimento! Essa comissão tem a obrigação de simplificar, de redistribuir e de não deixar os investidores caírem no conto do vigário! Não podemos penalizar quem quer investir!”, finalizou o deputado.
A Comissão Especial da Reforma Tributária (PEC 45/19) promove nova audiência pública nesta quarta-feira (18). Desta vez serão ouvidos representantes de bancos, da construção civil e do comércio.
Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador

Na manhã dessa terça-feira, 17 de setembro de 2019, a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social-SEMTHAS realizou uma formação com toda Rede de Proteção de Crianças e Adolescentes de Viçosa/RN.

A formação teve como palestrante a assistente Social Irenice de Fátima, da cidade de Mossoró/RN, e contamos com a participação de representantes da Educação, Saúde, Assistência Social, Conselhos de Direitos, Conselho Tutelar, Candidatos do CT, Articulador do Selo UNICEF, Secretários Municipais e Polícia Militar. O momento propiciou o entendimento amplo sobre o papel da rede de proteção e a importância do trabalho de forma intersetorial para garantir os direitos das crianças e adolescentes.

A formação teve como tema “Proteção social de crianças e adolescentes: o olhar dos profissionais sobre a atuação e os objetivos da rede”, um tema que possibilitou conhecer a forma como se organiza a rede, sendo baseada na cooperação, na conectividade e na divisão de responsabilidades e competências.




Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador
Governo do RN entrega 87 novos soldados do fogo ao Rio Grande do Norte
Em seu discurso o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Monteiro, destacou o apoio da Governadora ao longo do processo para a realização do concurso público para novos praças do Corpo de Bombeiros. “A Governadora Fátima Bezerra tornou possível a homologação desse concurso que hoje encerra com esta bela formatura entregando 87 novos soldados do fogo ao Estado do Rio Grande do Norte. O que muitos aqui não sabem é que ainda parlamentar, a deputada federal Fátima Bezerra foi uma das principais articuladoras para a emancipação do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, em 2002, trazendo autonomia administrativa e financeira. Este foi um dos primeiros passos para oferecermos um melhor serviço à sociedade norte riograndense”, agradeceu Coronel Monteiro. 
Após a apresentação da turma a Governadora Fátima Bezerra foi convidada para entregar as homenagens aos primeiros colocados. 3° colocada: Camila Fernandes de Oliveira 2° colocada: Rosivânia Ingrid Medeiros da Silva e 1º colocado: Ewerton Guedes da Silva. “Pela primeira vez que somos mulheres e homens. Por isso a capacidade é a grande virtude da turma 2018”, disse o orador da turma o soldado, Igor Nogueira Soares.
O Governo do RN tem garantido investimentos destinados à valorização e melhoria nas condições de trabalho para os agentes de segurança pública. No diagnóstico sobre os recursos da ordem de R$ 80 milhões que deverão ser investidos no RN, via convênio com a Senasp, o Corpo de Bombeiros Militar receberá R$ 7 milhões para viaturas. A expectativa é que até setembro de 2020, o Governo do Estado irá entregar mil novos policiais militares, que iniciam em janeiro o curso de formação.
Em seu discurso o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Monteiro, destacou o apoio da Governadora ao longo do processo para a realização do concurso público para novos praças do Corpo de Bombeiros. “A Governadora Fátima Bezerra tornou possível a homologação desse concurso que hoje encerra com esta bela formatura entregando 87 novos soldados do fogo ao Estado do Rio Grande do Norte. O que muitos aqui não sabem é que ainda parlamentar, a deputada federal Fátima Bezerra foi uma das principais articuladoras para a emancipação do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, em 2002, trazendo autonomia administrativa e financeira. Este foi um dos primeiros passos para oferecermos um melhor serviço à sociedade norte riograndense”, agradeceu Coronel Monteiro. 
Após a apresentação da turma a Governadora Fátima Bezerra foi convidada para entregar as homenagens aos primeiros colocados. 3° colocada: Camila Fernandes de Oliveira 2° colocada: Rosivânia Ingrid Medeiros da Silva e 1º colocado: Ewerton Guedes da Silva. “Pela primeira vez que somos mulheres e homens. Por isso a capacidade é a grande virtude da turma 2018”, disse o orador da turma o soldado, Igor Nogueira Soares.
Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador


O Governo do Estado anunciou, nesta quinta-feira, 12, que vai efetivar o funcionamento do Comitê Estadual de Resolução de Conflitos Fundiários do Rio Grande do Norte (CERCFR). Criado em 2018, com o Decreto 27.732, o comitê tem o objetivo de prevenir, mediar, conciliar e solucionar na esfera administrativa conflitos relacionados às questões fundiárias na área rural.

 

A governadora Fátima Bezerra disse que o comitê havia sido criado, mas só existia no papel. "Agora, sob a coordenação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), vamos fazer funcionar o comitê que já tem reunião marcada para próxima semana, quando será definido um calendário anual", afirmou a governadora para citar que "o nosso país  ainda é muito marcado pela desigualdade social. Com o comitê, estamos contribuindo para a resolução dos conflitos rurais que muitas vezes promovem o desrespeito à cidadania e aos direitos humanos".

O Comitê seguirá as diretrizes de preservação do direito à vida e à dignidade humana, observando os direitos à moradia e ao trabalho e à função social da propriedade. Caberá ao grupo convocar audiências prévias à adoção de atos executórios de imissão e reintegração de posse. Terá função também de acompanhar a implementação das soluções pactuadas e as obrigações assumidas pelas partes.

O vice-governador, Antenor Roberto, destacou que o comitê “representa um aliado na defesa dos direitos humanos e que o Governo atua pela institucionalidade efetivando um instrumento que visa garantir direitos àqueles que não têm onde morar e produzir, buscando de forma pacífica a resolução de conflitos”.

O secretário da Sedraf, Alexandre de Oliveira Lima, lembrou que a decisão do Governo “confirma a disposição para o diálogo e o compromisso com as causas sociais. O comitê vai atuar na mediação em respeito aos direitos das famílias menos favorecidas que precisam da segurança do Estado”.

Para o representante da Fetraf, José Erivaldo, “o comitê vai contribuir para evitar a violência no campo, promovendo o diálogo e o direito dos trabalhadores”.

Daniel Pessoa, presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania (COEDUCI), acrescentou que o Governo sinaliza que é preciso habilidade para tratar dos conflitos agrários sem truculência e em respeito aos direitos humanos.

Integram o CERCFR por parte do Governo: Gabinete Civil do Estado, Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Polícia Militar e Procuradoria Geral do Estado. Ainda compõem o comitê a Assembleia Legislativa, OAB-RN, Ministério Público Estadual e o INCRA. A sociedade civil é representada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RN (Fetarn), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar no RN (Fetraf), Centro de Referência em Direitos Humanos da UFERSA, Centro de Referência em Direitos Humanos Marcos Dionísio/UFRN, Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania (COEDUCI), MST e MLST.

O ato de ativação contou também com a presença do secretário adjunto da Segurança Pública e Defesa Social, Osmir Monte, subcomandante e chefe do Estado Maior da Polícia Militar do RN, coronel Mendonça, representante do deputado estadual Francisco Medeiros, Olavo Ataíde, presidente da Fetarn, Manoel Cândido e representantes dos demais órgãos que compõem o comitê.


Fotos: Elisa Elsie
--
Assecom-RN
(84) 3232-5204 / 5152
Site oficial: www.rn.gov.br
Twitter oficial: @governodorn
 


ProximaProxima Pagina Página inicial