Assessoria dos pré-candidatos Bruno Anastácio e Sérgio Sena rebate acusações sobre realização de propaganda antecipada no município.

emente um blog ligado ao grupo de oposição ao prefeito de Rafael Fernandes, Bruno Anastácio (DEM), divulgou informações referentes a uma demanda processual em que o tanto o gestor do município quanto o vice-prefeito, Sérgio Sena, são acusados de ter realizado propaganda eleitoral antecipada durante algumas manifestações espontâneas por parte da população.


Acontece que, em tese, na mesma matéria, o blogueiro insinua uma, suposta, condição de inelegibilidade do prefeito Bruno Anastácio que, de acordo com a assessoria do gestor, não passa de uma Notícia Falsa (Fake News) para tentar desestabilizar o projeto de reeleição da chapa majoritária situacionista.

Diante da proliferação da Notícia Falsa, até para tranquilizar a população, o prefeito Bruno Anastácio resolveu, através de sua assessoria de imprensa, refutar as especulações espalhadas nas redes sociais.

Confira abaixo a Nota de Esclarecimento do Prefeito de Rafael Fernandes:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Tendo em vista a matéria publicada na última quarta-feira (26), em um veículo de comunicação da região, a respeito de uma afirmação de que os pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito, Bruno Anastácio (DEM) e Sérgio Sena (DEM), respectivamente, de Rafael Fernandes teriam suas candidaturas ameaçadas através de uma demanda judicial pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), esclarecemos, de forma didática, que o referido órgão fiscalizador não tem poder para condenar, apenas remeter o caso ao Juiz Eleitoral que, durante o trâmite da demanda, tanto o prefeito quanto o vice-prefeito, através de suas assessorias jurídicas, irão apresentar ampla defesa. 

Na ocasião, o Blog divulgou que o pedido do MPE teria sido motivado em decorrência de uma manifestação pública por parte de alguns populares, sem a presença dos referidos pré-candidatos, algo que, segundo o blogueiro, teria configurado uma situação de possível propaganda eleitoral antecipada. 

Ante os fatos narrados acima, os pré-candidatos, Dr. Bruno Anastácio e Prof. Sérgio Sena, vem a público reafirmar que, em nenhum momento, houve antecipação de campanha por parte deles, e que as manifestações ocorridas na cidade foram organizadas pelos eleitores, de forma espontânea, em um momento de alegria. Todavia, sem a participação dos pré-candidatos nas referidas ações. 

Por fim, esclarecemos, também, que tudo o que foi realizado pelos pré-candidatos, até o momento, não feriu os princípios da legislação eleitoral. 

Assessoria de Imprensa


Senhor JESUS CRISTO Salvador
AnteriorPagina Anterior ProximaProxima Pagina Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário