Hackathon para melhoria da capacitação do servidor é destaque na Campus Party




Liene Titan/SEAD
A segunda edição de um dos maiores eventos de tecnologia, inovação, empreendedorismo, robótica e cultura geek do mundo foi encerrada nesse domingo (18) deixando um legado de novas experiências, aprendizado, interação, troca de conhecimento e muita novidade tecnológica. Parceiro institucional do evento, por meio de Termo de Convênio firmado pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) e a instituição promotora do evento, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte investiu na promoção da atualização e da capacitação dos servidores públicos estaduais como diferencial para a Campus Party Natal, que aconteceu de 16 a 18 de agosto, no Centro de Convenções.
Encerrando sua participação no evento, o Governo promoveu a discussão de um tema de suma importância para a gestão pública, a segurança da informação, com um profissional que é referência nacional na área, o professor Ricardo Kléber. Em sua palestra e-Gov X Hackerismo, ele discorreu sobre os desafios dos gestores públicos no tocante ao uso da tecnologia para promover a modernização, e como devem agir para diminuir as vulnerabilidades de segurança. Para o especialista, a proatividade nessa área é um dos grandes desafios dos governos.
Na noite deste domingo (18), foi divulgado o resultado do Hackathon Governo Microlearning, competição tecnológica para desenvolvedores inserida na proposta pedagógica do Governo do Estado para essa edição da Campus Party. Três equipes, formadas por quatro integrantes cada uma, participaram do desafio que tinha como objetivo a criação de uma solução para melhorar o processo de capacitação dos servidores estaduais.
Segundo o coordenador da Escola de TI para a Gestão Pública, Hideljundes Paulino, a meta do desafio foi a criação de um sistema para operar, facilitar e melhorar as capacitações dos servidores.  “Ficamos muito satisfeitos com o resultado. As equipes superaram nossas expectativas. Atingiram o que a gente queria que era aprimorar a forma de aprendizado do servidor potiguar”, completou.
Vencedora da competição, a CeAprende desenvolveu uma solução de fácil aplicação, com escalabilidade e layout para ajudar pessoas com deficiência visual e também as pessoas da terceira idade. Segundo integrantes da equipe, a ideia foi criar uma proposta para ir além de melhorar a forma de aprendizado e a plataforma de capacitações, mas especialmente ajudar os usuários (servidores) no seu dia a dia.  
Como premiação, que teve o patrocínio da Universidade Potiguar - UNP, os vencedores ganharam bolsas de estudo integral para cursos de graduação ou pós-graduação na universidade; bolsa integral do curso de Arduino; ingressos para a Campus Party Brasil 2020, em São Paulo, e brindes. O conteúdo da ferramenta desenvolvida pela equipe vencedora será produzido e disponibilizado pela Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales (EGRN) para capacitar os servidores.
As equipes que ficaram com a segunda (e-coding) e terceira (Inova) colocação no desafio também receberam prêmios: bolsa de estudo de 60% e 50% nos cursos de graduação ou pós-graduação da UNP, respectivamente; além de ingressos para a Campus Party Brasil 2020, em São Paulo, e brindes.
A equipe de jurados do Hackathon foi formada por integrantes do quadro de pessoal do Governo do Estado e professores da Universidade Potiguar.
Participaram da solenidade de entrega da premiação e encerramento da Campus Party Natal, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, a diretora da Escola de Governo, Ana Lúcia Gomes, e o coordenador da Escola de TI da UNP, Henrique Eduardo Costa. Na ocasião, o secretário parabenizou a direção da Campus Party, os campuseiros e servidores que participaram do evento, ressaltando a prioridade do governo na capacitação do servidor.


Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador
AnteriorPagina Anterior ProximaProxima Pagina Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário