sábado, 4 de agosto de 2018

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - COMUDICA realizou a II Conferência Livre dos Direitos da Criança e do Adolescente em Viçosa/RN


 
O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMUDICA, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social – SEMTHAS, realizou na manhã de hoje (02 de Agosto), Conferência Livre dos Direitos da Criança e do Adolescente que atende às diretrizes do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), com foco na qualificação de políticas em benefício da infância e adolescência. A Conferência mobilizou crianças e adolescentes para discutir políticas públicas, tendo-os como protagonistas, dando voz a eles como sujeitos de direito e da própria história.
O primeiro momento foi conduzido pela Gestora e também presidente do COMUDICA Dalva Vieira que ressaltou que a conferência livre tem um caráter reflexivo sobre violência, negação de direitos e discriminação sofrida por crianças e adolescentes, e como a proteção integral, materializada pela chamada Rede de Proteção que é o conjunto de programas, serviços e instituições públicas ou privadas que garantem os direitos deste segmento.
 Logo depois foram realizadas as apresentações culturais do Grupo SCFV “Jardim do Futuro” composto pelas crianças, seguida pelo Grupo de Capoeira e finalizando com o Grupo de Karatê, sob direção dos oficineiros Gilcênio Glauber, Erivaldo Calixto e Gledyon Pereira. Após a apresentação, a coordenadora Samea Rafaela realizou a apresentação da metodologia da conferência enfatizando o que é a Conferência Livre e como iria ser realizada. Em seguida o Psicólogo Douglas Vasconcelos realizou explanação do painel com o tema central “Proteção Integral, diversidade, e enfrentamento das violências”.
Dando continuidade Elizaias Tavares separou em dois grupos o público presente para debate sobre os eixos “Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes e Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes”. As discussões foram coordenadas pelos técnicos Raphaela Cavalcante, psicóloga do Núcleo de Apoio à Saúde da Família-NASF, e pelas assistentes sociais Glêdcia Juciéle e Theresa Adélia.
Finalizadas as discussões, cada grupo apresentou propostas que iam desde o enfrentamento à violência nas escolas, no município e até maior envolvimento dos pais e responsáveis na rotina das crianças e adolescentes, e a ampliação do debate sobre diversidade nas diversas instituições do município.
As propostas foram apresentadas pelas adolescentes Renata Beatriz e Nhaely Thiffany que é integrante do NUCA.











Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador

Nenhum comentário:

Postar um comentário