sábado, 25 de março de 2017

PMDB comemora 51 anos e se mantém como maior partido do Brasil



PMDB Nacional

Ao completar 51 anos, nesta sexta-feira (24), o PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro tem muito o que comemorar. A agremiação não para de conquistar vitórias e se mantém como o maior partido político do Brasil.

A vitória alcançada nas eleições municipais de 2016 foi maiúscula. Foram eleitos 1.047 prefeitos peemedebistas e outros ainda podem se eleger, considerando as eleições suplementares que ainda estão acontecendo em vários municípios. O Partido elegeu ainda 7.561 vereadores. Nos municípios governados pelo PMDB vivem 29 milhões de pessoas, sendo 20,7 milhões de eleitores.

Os números do PMDB são impressionantes. Recentemente, dois senadores se filiaram ao Partido e a bancada peemedebista no Senado agora conta com 22 parlamentares. Na Câmara, são 65 deputados federais. São as maiores bancadas no Congresso Nacional. E ainda, sete estados são governados pelo PMDB.

Em 2016, o PMDB assumiu o Governo Federal, tendo como desafio a maior crise econômica da história do País. O presidente da República, Michel Temer, aceitou o desafio de fazer as reformas necessárias para recolocar o Brasil nos trilhos e promover a retomada do crescimento. Em pouco tempo, os resultados positivos começaram a aparecer. A inflação baixou para índices que não se alcançava há décadas. Os juros caíram, proporcionando aumento do crédito. A confiança do investidor, que havia desaparecido, está de novo em alta. E os empregos voltaram a crescer depois de dois anos em baixa.

Temer é o presidente certo, na hora certa! Os avanços estão sendo feitos em todas as frentes e o País está saindo da recessão. Com uma visão moderna de desenvolvimento, o governo do PMDB traz de volta a segurança jurídica. “Em pouco tempo vamos garantir estabilidade, crescimento, e um futuro seguro para a nossa Nação e para as próximas gerações”, disse o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR).


Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário