Temer anuncia medidas fiscais e econômicas

Foto: Assessoria
                                                                        Foto: Assessoria
O presidente interino, Michel Temer, anunciou, nesta terça-feira (24), medidas do governo para a retomada do crescimento econômico e da moralidade pública. Entre as iniciativas estão a devolução de R$ 100 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao Tesouro Nacional, a limitação do gasto público e a extinção do Fundo Soberano. “Nós temos uma tarefa, uma missão, que é fazer com que o País caminhe na meta do crescimento econômico”, disse Temer.
Segundo o presidente, o governo repassou R$ 500 bilhões para o BNDES ao longo do tempo. Portanto, o banco devolverá R$ 100 bilhões ao Tesouro Nacional. A ideia é que sejam devolvidos R$ 40 bilhões neste momento, e o restante, no futuro.
“Isso implicará na economia da ordem de R$ 7 bilhões no ano para o Tesouro Nacional. Fechada a concepção jurídica de que não há nenhuma hipótese de irregularidade, já estamos com isso fechado com o BNDES”, explicou.

Senhor JESUS CRISTO o nosso único Salvador
AnteriorPagina Anterior ProximaProxima Pagina Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário